Categorias
Blog

COVID-19 e Sedentarismo

Muitas vezes, a rotina agitada faz com que as pessoas negligenciem a atividade física como um hábito. É preciso tempo para estudo, trabalho, família, amigos, e assim a saúde vai ficando para depois, para o mês que vem, vira promessa de Ano-novo. Porém, com o surgimento da pandemia de COVID-19, manter a saúde em dia se tornou mais urgente ainda. Para combater a disseminação do novo coronavírus é preciso seguir à risca as recomendações das autoridades sanitárias e, sobretudo, cultivar hábitos que fortaleçam o sistema imunológico, tais como alimentação balanceada, rotina de exercícios físicos e qualidade do sono. Com isso, a prevenção do contágio se torna mais eficaz. 

Segundo estudo recente do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE (2019), 40,3% dos brasileiros adultos não são suficientemente ativos, ou seja, pessoas que não praticam atividade física ou que praticam de forma insuficiente para garantir qualidade de vida a curto, médio e longo prazo. A pesquisa levou em conta as atividades físicas realizadas em três domínios: lazer, trabalho e deslocamento para o trabalho.

Esse mesmo estudo trouxe dados como 23,9% da população com hipertensão arterial, 14,6% com colesterol alto, 7,7% com diabetes e 8,14 milhões de brasileiros diagnosticados com doença cardíaca, além disso, um em cada cinco adultos tem problema crônico de coluna e 16,3 milhões apresentaram quadro de depressão, principalmente na região Sul do Brasil, com 15,2% de pessoas diagnosticadas por profissional de saúde mental.

A prática regular de atividade física é uma forma de prevenção e controle de doenças crônicas, além de trazer benefícios tanto para o corpo quanto para a mente, pois desopila e proporciona bem-estar, melhora a autoestima, fortalece o sistema cardiorrespiratório, aumenta o fluxo de sangue e de oxigênio no cérebro e o principal em tempos de pandemia: fortalece o sistema imunológico. Isso mesmo, inserir exercício físico na sua rotina pode fortalecer seu corpo de uma maneira completa, do físico ao mental, e ainda pode trazer maior qualidade de vida e longevidade. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), até 5 milhões de mortes poderiam ser evitadas com a prática regular de atividade física.

Agora, com o avanço da pandemia do novo coronavírus, a OMS recomenda pelo menos entre 150 e 300 minutos de atividade aeróbica por semana para adultos, o que resulta em 30 a 60 minutos por dia. Atualmente, há diversas opções para sair do sedentarismo ou se exercitar mais, e o Instituto Aquático Isabella Marinho está disposto a ajudar você a descobrir com qual mais se identifica. 

Para combater a COVID-19, é preciso também se cuidar de dentro para fora, e para isso você e sua família podem contar com o Instituto Aquático Isabella Marinho para a prevenção contra o coronavírus. Na instituição aquática de Sete Lagoas, você encontra modalidades como: natação (para adultos, crianças e bebês), aulas de hidroginástica, pilates, natação e muito mais. No Instituto Aquático Isabella Marinho, as piscinas são tratadas com ozônio, tornando-as mais saudáveis e agradáveis para você e sua família.